GODMODE 300 - NEON GODMODE 299 - DROPS GODMODE 297 - CAPCOM GODMODE 297 - DROPS OFFMODE 56

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Kinect pioneiro?? Conheça o Sega Activator!

Pois é, nada se cria... No longínquo e obscuro ano de 1993, a SEGA lançava um acessório revolucionário, que permitiria ao jogador usar apenas o corpo para jogar, o SEGA ACTIVATOR.


o Sega activator tinha formato octognal, com pouco menos de 7 cm de altura e composto de 8 pedaços iguais que eram montados e colocados no chão. Em seguida, ligava-se o acessório à entrada de controles tradicional do Mega Drive e o jogador deveria se posicionar no meio da bagaça e fazer os movimentos de acordo com o jogo. Incrível, não?


Você deve estar pensando: "Se eu nunca ouvi falar dele até hoje, é por que deve ter sido uma porcaria, hein?" E está completamente certo, era uma bomba mesmo. Pra começar, os (poucos) anúncios eram mentirosos, o Activator não escaneava os movimentos da pessoa e os repetia no videogame, ele simplesmente era um controle gigante que, dependendo da posição das suas mãos ou pés, acionavam um botão diferente do controle. Se você se mexesse para frente por exemplo, ele simplesmente interpretaria que você apertou o direcional pra cima no controle. E a decepção não parava por aí, os sensores do Activator (que usavam infra vermelho) eram extremamente ineficientes, muitas vezes não detectavam certos movimentos e eram facilmente atrapalhados com uso próximo de ventiladores de teto, luminárias e espelhos.


A parte boa é que o Activator "funcionava" com todos os jogos do Mega Drive, não sendo necessário a aquisição de jogos especiais para ele, como é o caso do Kinect. O chato é que essa é a única parte boa, pois além dos defeitos citados acima une-se à eles o fato do acessório custar entre $80-150, que para os padrões de 1993 eram uma fortuna. Somando-se o preço alto, a má divulgação e o fato de não funcionar como deveria, o acessório ficou pouco tempo no mercado, teve péssimas vendas e foi tirado da vista das pessoas rápida e discretamente. Mas fica como exemplo de que um dos desejos dos gamers sempre foi uma forma nova de se jogar, não apenas com as mãos, mas com todo o corpo, livre, desejo esse que só foi saciado 17 anos depois... ou não!

Fonte: Kotaku

3 comentários:

Gabriel - O Kinéctico disse...

Mas e aí, Claudio? Seu desejo de jogar com o corpo livre foi saciado?

Paulo disse...

Gordo então devia acionar botões sem querer com a bunda o tempo todo.

Claudio disse...

Gabriel, pensando bem agora acho que essa parte de corpo livre se "encaixa" melhor pro controle do wii...